ENEM 2013 - 2° dia

Língua Portuguesa


18 - O bit na galáxia de Gutenberg

Neste século, a escrita divide terreno com diversos meios de comunicação. Essa questão nos faz pensar na necessidade da “imbricação, na coexistência e interpretação recíproca dos diversos circuitos de produção e difusão do saber...”.
É necessário relativizar nossa postura frente às modernas tecnologias, principalmente à informática. Ela é um campo novidativo, sem dúvida, mas suas bases estão nos modelos informativos anteriores, inclusive, na tradição oral e na capacidade natural de simular mentalmente os acontecimentos do mundo e antecipar as consequências de nossos atos. A impressão é a matriz que deflagrou todo esse processo comunicacional eletrônico. Enfatizo, assim, o parentesco que há entre o computador e os outros meios de comunicação, principalmente a escrita, uma visão da informática como um “desdobramento daquilo que a produção literária impressa e, anteriormente, a tradição oral já traziam consigo”.

NEITZEL. L.C. Disponível em. www.geocities.com. Acesso em: 1 ago 2012 (adaptado).

Ao tecer considerações sobre as tecnologias da contemporaneidade e os meios de comunicação do passado, esse texto concebe que a escrita contribui para uma evolução das novas tecnologias por:

a) se desenvolver paralelamente nos meios tradicionais de comunicação e informação.


b) cumprir função essencial na contemporaneidade por meio das impressões em papel.

c) realizar transição relevante da tradição oral para o progresso das sociedades humanas.

d) oferecer melhoria sistemática do padrão de vida e do desenvolvimento social humano.


e) fornecer base essencial para o progresso das tecnologias de comunicação e informação.

Mostrar Resposta!
Ir para Próximo Exercício!


Comente!


Início    Teste Vocacional    Exercícios    Provas    Carreiras    Contato